Relações Públicas: como uma agência de PR pode ser estratégica para a sua empresa?

Entrevistamos a Adriana Rodrigues, sócia e Fundadora da Engaje! Comunicação para contar um pouco sobre como uma agência de PR pode ajudar empresas e marcas nos resultados de marketing e branding.

Sair nas capas de revistas e jornais e ter nossa marca estampada em sites, portais e mídias sociais é sem dúvida uma oportunidade de ganhar mais visibilidade, alcançar nosso público-alvo, fortalecer imagem, branding, e até mesmo, aumentar vendas. Não há dúvidas de que os canais de comunicação proporcionam muitos ganhos para nossas empresas. Ao mesmo tempo, pagar para aparecer nesses espaços patrocinados, além de caro, pode não ser tão atrativo como uma mídia espontânea.

Mas a dúvida que paira no ar é: como conseguir esse lugar ao sol em meio a um ambiente completamente tomado por uma enxurrada de informações e conseguir ser notado pelos canais de comunicação?

Bom, a não ser que sua empresa seja grande o suficiente para contratar um profissional altamente qualificado de Relações Públicas (PR) ou você tenha em sua rede de contatos recheada de editores e jornalistas, provavelmente uma boa opção é a contratação de uma agência de PR.

E pensando em entender melhor qual é o momento certo ou quais os benefícios que uma agência de PR pode trazer para empresas, fomos buscar essas respostas com a Adriana Rodrigues, Sócia e Fundadora da Engaje! Comunicação que já atua no mercado de comunicação corporativa há mais de 25 anos e possui em seu portfólio de clientes, empresas como Gerdau, Mercur, Royal Caribbean International, entre outros.

 

Agência de PR para empresas
Adriana da Engaje! explica sobre os benefícios de uma agência de PR

 

B.done: Adri, existem muitas dúvidas sobre o momento certo de uma agência de PR e até um tabu de que isso é algo que apenas grandes empresas. Na sua visão e experiência, em que momento contratar uma agência de PR é fundamental para uma marca?

Adri: A ideia de que apenas as grandes empresas devem se preocupar ou podem ter vantagens com PR é um mito. Praticamente todas as marcas podem ser beneficiadas com o PR desde o seu lançamento e por toda a sua existência, ou seja, não há restrições por porte, segmento, etc. O que pode variar de uma empresa para a outra, quanto ao momento certo de contar com um bom trabalho de PR, são diversos fatores particulares e inerentes a cada uma, como orçamento, estruturação de produto ou serviços, posicionamento estratégico, e por aí vai.

Vou citar alguns exemplos de estágios de maturidade de uma empresa que contribuem para um bom aproveitamento desse serviço. Se estiverem em prática e somarem à contratação de bons profissionais para executar o PR, sem dúvida, é uma boa hora e a marca terá um excelente andamento rumo aos objetivos dela com ele. Aí vão:

  • a empresa contratante contar internamente com profissionais que tenham algum conhecimento sobre os processos de um PR de boa qualidade para intermediar a comunicação com a agência contratada. Aqui não estamos dizendo que é necessário ter um time exclusivo pra isso ou especialistas em PR, mas que os intermediadores saibam quais são os objetivos que se buscam com essa contratação, que tipo de canais gostariam de estar presentes e quem são seus públicos-alvo, é fundamental para que a agência consiga corresponder às expectativas buscadas.
  • disponibilidade mínima de um profissional, ao menos, para se dedicar a essa intermediação com a agência de PR e permitir assim que os trabalhos fluam no ritmo desejado.
  • compreensão e maturidade do contratante sobre o fato de que esse é um trabalho cujos resultados são construídos a médio e longo prazo, já que tratamos aqui de uma poderosa ferramenta que contribui com a reputação das marcas.

 

B.done: Como uma agência de PR ajuda a construir a reputação e por que este é um tema tão importante para as marcas?

Adri: A reputação é o ativo intangível mais importante para qualquer marca ou empresa. O olhar positivo do mundo sobre as marcas é uma pré-condição fundamental para qualquer negócio. Isso é um fato reconhecido em estudos e pelos maiores especialistas de gestão do mundo. Cada vez mais vemos a necessidade das marcas cuidarem da sua imagem e reputação, principalmente num mundo em que a comunicação é cada vez mais instantânea, conectada e todo mundo tem acesso às informações que viram notícias ou viralizam nas redes e WhatsApp, seja em aspectos positivos ou negativos. Se antes podíamos só esperar o tempo passar para esquecer algo que aconteceu, hoje temos o Google para acessar praticamente qualquer informação de qualquer época.

Tenho segurança em dizer que o PR é hoje a principal ferramenta de comunicação para construir, preservar e blindar a reputação de uma marca, por trazer a validação externa de públicos qualificados, idôneos e com alto grau de influência em relação a ela.

B.done: Bom, entendemos que o PR tem um papel super estratégico para as marcas, principalmente na construção e fortalecimento dela como um ativo intangível. Porém, olhando o ponto de vista de performance, o PR pode ajudar na geração de leads? A Engaje! já tem algum case?

Adri: Sem dúvida, o PR é uma ferramenta que, além de agregar credibilidade, também contribui para a performance comercial. Isso pode ser conferido por meio de relatórios e ferramentas que mostram claramente os leads gerados com as publicações de terceiros sobre as marcas, por exemplo.

Alguns de nossos clientes também usufruem dos benefícios de PR para a geração de leads por meio desses relatórios específicos, que identificam a origem dos leads. Outros fazem um acompanhamento bem próximo e elitizado sobre os resultados de PR conosco, que podem ser confirmados entre os nossos cases. A H.B. Fuller/Adecol chegou até a escrever um depoimento para o nosso site falando sobre isso. A Luandre, uma das maiores consultorias em RH do País, e empresa MyCashBack, site de descontos em compras onlines, também conferem esse retorno constante ao longo do período em que prestamos serviços a eles.

B.done: Algumas empresas que já são um pouco mais robustas geralmente enfrentam um dilema entre internalizar esse serviço ou contratar uma empresa especializada. Quais os ganhos em ter uma agência de PR ao invés de internalizar?

Adri: O principal ganho de ter uma agência externa é prioritariamente o amplo campo de troca de informações entre profissionais altamente capacitados e pontos de vista variados. Ou seja, muitas vezes um único profissional acaba ficando mais limitado à rede de contatos profissional que ele construiu durante a carreira dele.

Quando falamos de uma agência, estamos falando de uma rede muito mais ampla e estruturada. Digo isso sobre agências que, como nós aqui na Engaje!, promovem uma constante e boa integração entre a equipe para realmente entregar ao cliente uma verdadeira e rica diversidade de conhecimentos, talentos e atualização sobre o mercado. Mas certamente também há a vantagem de um olhar externo e, em alguns casos, menos suscetível à cultura organizacional em que ficam imersas as equipes internas e que traz um viés mais neutro para essa troca de informações.

B.done: Muitas empresas investem fortemente em autoridade digital ao invés de partir direto para um serviço de PR e acabam criando uma marca muito forte. Nesse caso onde as empresas já são conhecidas pelo mercado, como uma agência de PR contribui para a reputação e fortalecimento de imagem dessas marcas?

Adri: Sempre defendemos que a credibilidade gerada com o PR e a validação de terceiros renomados deve ser somada e trabalhada em sinergia com a comunicação feita pelas marcas com suas mídias digitais próprias. Ainda que uma marca tenha construído uma boa relação no universo digital, seja bem aceita, tenha boa adesão e alcance, esses canais também devem somar a credibilidade com outros opiniões sobre a empresa geradas por outros públicos. É importante para as marcas se fortalecerem além da comunicação que fazem sobre si mesma e ouvem dos seus seguidores.

Pra nós, aqui na Engaje!, o PR vai muito além das divulgações que geram reportagens. Trabalhamos em parceria com os clientes para lapidar e produzir conteúdos de alto potencial que a imprensa, influencers e diversos públicos façam questão de noticiar. Materiais que ajudem as empresas a atuar além do seu próprio universo de produção, mas que usem os recursos das mesmas como agentes transformadores da sociedade com a qual as marcas convivem e desfrutam do apoio e reconhecimento.

Um dos exemplos bem simples começa pela grande adesão nas mídias digitais das postagens sobre publicações respeitadas conquistadas pelo PR. Com a R11, distribuidora dos cruzeiros da Royal Caribbean, por exemplo, uma única reportagem muito bem elaborada no Fantástico, da TV Globo, gerou picos de engajamento e vendas diretas. Ou seja, a empresa por si só tem uma marca bem fortalecida, mas o nosso trabalho foi fundamental para complementar uma estratégia que já vinha sendo muito bem feita por eles.

Aprendemos muito sobre a importância de um PR com esse bate-papo com a Adriana, não é mesmo? Aqui na B.done entendemos a importância de um trabalho de PR bem feito para a construção de uma boa reputação e credibilidade de marca, tanto que para nós, desde o dia zero ficou muito claro que esse era um pilar dos quais não abriríamos mão, e cada dia que passa temos mais certeza da nossa decisão pelos resultados que temos conseguido em importantes veículos que acessam diretamente o nosso público.

E sobre a sua empresa, já parou para pensar que compor PR nas suas estratégias de marketing poderá ser uma poderosa nova maneira de alcançar novos públicos, dar mais visibilidade para sua marca e construir bem sua reputação?

Quer saber como compor uma estratégia assertiva de serviços e parceiros para a sua próxima concorrência? Entre em contato com a B.done para bater um papo e discutirmos como podemos ajudar a encontrar as melhores agências, ferramentas e profissionais no mercado.

Compartilhar artigo

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on tumblr
Share on telegram

Escrito por:

Débora Brauhardt
Débora Brauhardt
Especialista em Gestão da Criatividade e Inovação e mais de 12 anos de carreira em estratégias de negócios, marketing, customer success, gestão e internacionalização em empresas como Parque Tecnológico Itaipu, Resultados Digitais e Octadesk.