Agência de Publicidade B.done

Agência de publicidade: por que você precisa de uma

Seja por falta de tempo ou de conhecimentos específicos, é comum que empresas procurem contratar agências que auxiliem na realização de campanhas publicitárias. Dentre as diversas opções disponíveis no mercado, temos as agências de publicidade, que ajudam na criação de campanhas para canais tradicionais e, mais recentemente, também para o meio digital.

Se você está pensando em contratar uma agência de publicidade, não deixe de ler este artigo antes de bater o martelo. Nele falamos sobre os serviços oferecidos por esse tipo de empresa, explicamos como funciona e trazemos dicas de como escolher o parceiro ideal para o seu negócio. Acompanhe!

 

O que é uma agência de publicidade?

Uma agência de publicidade é uma empresa que presta serviços de criação, planejamento, produção e divulgação de campanhas publicitárias. Os objetivos podem ser vários, como criar consciência de marca para os clientes e divulgar produtos ou serviços.

Esse tipo de negócio, também chamado de agência de propaganda, pode ser de grande ou de pequeno porte e costuma ser constituído de uma equipe multidisciplinar, especialista em diversas frentes, como redação, design, produção de conteúdo audiovisual e comportamento do consumidor. Esses profissionais combinam suas habilidades para divulgar o negócio do cliente da maneira mais eficaz.

O surgimento das agências de publicidade é mais antigo do que parece: data do final do século XVIII e início do século XIX. Com o passar do tempo, essas empresas se modernizaram, para acompanhar as mudanças no comportamento dos consumidores. Por isso, além de propagandas voltadas para canais tradicionais, como rádio, jornal, revista, TV e outdoor, hoje podem oferecer, também, serviços digitais.

 

Como funciona uma agência de publicidade?

A agência de publicidade costuma ser organizada em diversas áreas, cada uma com uma função específica. Elas podem variar conforme o tamanho da empresa, mas a maior parte tem alguns departamentos em comum. Conheça os principais:

Atendimento

O atendimento é a área que faz a ligação entre os clientes e a agência de publicidade. O departamento auxilia na elaboração do briefing das campanhas, uma tarefa bastante estratégica, pois com frequência o cliente não sabe explicar exatamente o que necessita ou deseja. Por isso, o profissional de atendimento precisa identificar necessidades e combiná-las aos serviços oferecidos pela agência.

Com base nos direcionamentos repassados pelo atendimento, a agência inicia a produção. A área também é responsável por apresentar o trabalho final ao cliente e por manter com ele um bom relacionamento.

Planejamento

O planejamento é a área que reúne as informações obtidas pela equipe de atendimento para organizar e distribuir as ações que serão feitas pelos outros departamentos.

É comum que o planejamento realize uma reunião, o brainstorming, para discutir o briefing e encontrar a melhor maneira de colocá-lo em prática.

A área de planejamento também realiza pesquisas para entender o que está sendo feito pelo mercado e pelos outros clientes, para traçar a estratégia mais certeira. O conhecimento do público-alvo do cliente também é essencial. Além disso, as decisões tomadas pela equipe devem ser justificadas com números.

Criação

A área de criação é a que dá vida às campanhas, fazendo com que a estratégia pensada pelo planejamento seja colocada em prática.

Veja também:  Não contrate uma agência sem conhecer seu negócio

Dentro de uma agência de publicidade, a atuação dos profissionais de criação é ampla: inclui a criação de peças gráficas para meios diversos, como propagandas para rádio, jornal, revista, TV, outdoor.

O time de criação desenvolve cada peça tendo em mente o público-alvo para o qual se direciona a campanha. É comum que os profissionais da área trabalhem em pares: a chamada dupla de criação, que é composta por um redator e um diretor de arte e é bastante tradicional na publicidade. Mas também é comum encontrar nesse departamento designers, copywriters e o diretor de criação, que supervisiona e dá suporte ao trabalho da equipe.

A criatividade dos profissionais é o que faz a diferença no setor de criação, já que é preciso adequar os materiais para diversos públicos, comunicando-se com eles da melhor maneira. Além disso, os profissionais de criação devem transmitir as mensagens de maneira clara e inteligente, despertando o interesse do público e sem prejudicar a imagem do cliente.

Mídia

A área de mídia é responsável por estudar os diferentes canais disponíveis para veicular os materiais desenvolvidos pela criação, indicando quais são os melhores meios para divulgá-los. Também auxilia na definição de volumes, formatos e posições de veiculação das peças publicitárias.

Além de peças criativas, ter um bom plano de mídia é essencial para empresas que não querem desperdiçar dinheiro em canais que não fazem sentido para os seus objetivos de negócio. Hoje, isso inclui, é claro, os canais online, por exemplo plataformas de anúncio como Google Ads e Facebook Ads.

Produção audiovisual

Muitas agências não contam com uma equipe de produção audiovisual, optando por terceirizar o serviço. Mas, mesmo nesses casos, o trabalho da empresa terceirizada precisa ser acompanhado pelas equipes de planejamento e de criação.

Tráfego

Assim como a área de produção audiovisual, a equipe de tráfego também não está presente em todas as agências, sendo mais comum entre as de maior porte. Sua função consiste em melhorar os processos internos da agência, garantindo mais agilidade na entrega das campanhas para os clientes. Para isso, o departamento de tráfego trabalha dividindo tarefas, definindo prazos e organizando os fluxos de trabalho.

Administrativo

Como em empresas de outros segmentos, a área administrativa é a responsável por cuidar do recrutamento, seleção, admissão e gestão de pessoas de maneira geral. Apesar de não ter relação direta com os clientes, um departamento administrativo que funciona bem é essencial para o sucesso da agência.

Como funciona uma agência de publicidade?

Agora que você já conhece cada área da agência de publicidade e suas respectivas funções, é hora de entender o fluxo de trabalho desse tipo de negócio, a partir da entrada de um novo cliente.

Primeiro, o atendimento faz o primeiro contato com o cliente, recebendo o briefing inicial;

Depois, nas agências que possuem uma área de tráfego, esse departamento entra em cena, determinando o cronograma de entregas e o fluxo de trabalho da campanha;

Na sequência, quem entra em ação é a área de planejamento, que faz reuniões de brainstorming para completar o briefing e acertar detalhes das campanhas;

Veja também:  Entenda a importância das métricas nas redes sociais e descubra quais devem ser acompanhadas

Feitas essas definições, a área de criação coloca a mão na massa, transformando a estratégia em peças criativas e originais, que devem chamar a atenção do público-alvo do cliente;

Por fim, quando as peças estão prontas, é a vez da mídia conectar os materiais produzidos aos canais mais adequados de divulgação;

Antes de iniciar a divulgação, o cliente precisa aprovar a campanha. Caso solicite alguma alteração, ela retorna para o atendimento, que encaminhará a solicitação diretamente para o responsável, sem que seja preciso passar por todo o fluxo de trabalho novamente.

 

Como escolher uma agência de publicidade?

Agora que você já conhece as diferentes áreas de uma agência de publicidade e os serviços oferecidos, pode surgir a dúvida: dentre tantas opções disponíveis no mercado, como escolher a agência ideal? Na hora da pesquisa, vale atentar aos seguintes pontos:

1. Tenha objetivos bem definidos

O primeiro passo para escolher a agência de publicidade ideal é saber quais são os objetivos do seu negócio com essa parceria. Observe seu planejamento de marketing e veja se os pontos nos quais você precisa de ajuda estão de acordo com os serviços oferecidos pelas agências de publicidade.

Se você precisa de auxílio para campanhas que serão veiculadas em mídias mais tradicionais, uma agência de publicidade pode ser uma boa ideia. Se a dificuldade está em implementar, por exemplo, uma estratégia de Inbound Marketing, pode ser melhor optar por um parceiro especializado nessa área. Para saber mais sobre isso, leia nosso artigo sobre os diferentes tipos de agências de marketing.

Os objetivos que a empresa deseja alcançar definirão não só o tipo de agência como também a duração do contrato.

2. Analise o portfólio

Depois de definir seus objetivos e necessidades, é hora de analisar o portfólio das empresas que estão em vista. É comum que agências prometam resultados, mas para comprová-los é necessário olhar o que já foi de fato realizado para outros clientes.

Pesquise quais são os cases de sucesso, as estratégias que costuma usar em empresas similares a sua e a qualidade dos materiais desenvolvidos. Se possível, converse com profissionais de negócios que já foram atendidos pela mesma agência.

Embora não seja essencial que a agência já tenha atendido uma empresa com o mesmo core business que a sua, é interessante que tenha pelo menos alguma experiência no seu mercado de atuação.

Se você atua na área da saúde, por exemplo, ter no portfólio outros negócios dessa área demonstra que a agência já tem familiaridade com as características, tendências e linguagem do segmento, dialogando mais facilmente com o seu público-alvo.

3. Avalie a equipe da agência

Ao contratar uma agência de publicidade, será preciso lidar com o atendimento com frequência. É preciso entender se esses profissionais são prestativos e se preocupam com a entrega de resultados para os clientes.

É interessante também avaliar, se possível, a infraestrutura da agência. O espaço de trabalho é adequado? Os profissionais têm todo o necessário para realizar o trabalho? Eles parecem satisfeitos? Se a equipe da agência se mostra desorganizada ou desmotivada, pode ser um alerta de que é melhor procurar outro parceiro para o seu negócio.

Veja também:  Onde tudo nasce: não importa ter o melhor produto se ele não vende

4. Conheça a reputação da agência de publicidade no mercado

Outro ponto a observar é a reputação da agência no mercado. Procure saber se ela possui boas avaliações e certificações nas áreas em que atua, se já foi premiada na área de expertise que interessa para a sua empresa, dentre outras informações.

5. Observe os canais de comunicação da agência

Mesmo as agências que não atuam na área de marketing digital precisam ter um site organizado, com as informações mais importantes para os clientes em potencial. Por isso, observe como a própria agência se posiciona e se comunica, seja por meio do site ou das redes sociais.

6. Esteja atento à relação custo-benefício

Quando procuram contratar uma agência, na maioria das vezes os gestores de marketing dispõem de um orçamento limitado. No entanto, ao escolher, é importante não levar em conta somente o valor cobrado pela agência, mas também a qualidade dos serviços entregues.

Escolher a agência de publicidade que oferece o menor preço é tentador à primeira vista, mas pode não ser a melhor opção no longo prazo. Seja cético em relação a agências que cobram valores muito abaixo daqueles praticados pelo mercado. Da mesma forma, lembre-se de que preços altos e qualidade nem sempre são sinônimos.

7. Entenda as diferentes modalidades de pagamento

As agências de publicidade trabalham com diferentes modalidades de pagamento. Na hora de escolher, lembre-se de questionar sobre as opções oferecidas.

O mais conhecido é o fee mensal fixo, quando o cliente paga o mesmo valor todos os meses pelo tempo de duração do contrato — que costuma ser de pelo menos 6 meses. Há também o success fee, em que são estabelecidos prêmios para metas atingidas pelas campanhas da agência.

Outro formato é a cobrança por trabalho realizado, também chamada de job a job, ideal para projetos mais curtos, já que o cliente paga por ação. É possível ainda combinar mais de uma modalidade de pagamento.

Além desses pontos, é interessante atentar também possíveis multas por quebra de contrato, para o fluxo de trabalho da agência e para os prazos para cada etapa do projeto — eles devem ser bem definidos e realistas.

Conte com um parceiro de negócio para encontrar a agência ideal

Como você pode perceber, é preciso levar em conta uma série de fatores ao contratar a agência de publicidade ideal. Por isso que uma boa ideia é contar com parceiros como a B.done, que conecta empresas que querem melhorar resultados de marketing e negócios às agências ideais para cada caso. Quer saber como a sua marca pode conhecer seu próximo parceiro de marketing? Entre em contato com a gente aqui!

Agências de Publicidade: escolha seu parceiro com a B.done

Escrito por: