Carta Aberta Aos Negócios do Futuro

“Quais os planos para o seu negócio em 2020?

Se fizessem essa pergunta a qualquer um de nós algumas semanas atrás, ainda que pudéssemos considerar muitas variáveis para compor nossas respostas, palavras como crescimento, investimento, contratações e mercados internacionais encontrariam espaço em nosso discurso.

E de repente, de uma notícia que começava a criar alarde ainda do outro lado do globo, o coronavírus se alastrou invisivelmente entre as redes de negócios do mundo todo até finalmente aterrissar nas Américas e paralisar significativamente a economia global. Em pouco mais de um mês já nos vimos nos mais diversos estágios da pandemia: caos, medo, desespero, luto, aceitação. E depois disso, talvez, a pergunta que mais nos cabe no âmbito profissional talvez seja: “O que iremos fazer dos nossos negócios e carreiras depois do COVID-19?”

Impossível prever todos os caminhos e transformações que estão por vir, mas a certeza é que todos nós estaremos saindo de um terreno em comum, um mesmo ponto de partida. Nenhum de nós esteve aqui antes. Nenhum de nós sabe muito mais ou muito menos sobre atravessar uma pandemia e como recuperar dela. E, neste cenário, aparentemente o presente nos propõe a co-criar caminhos que ainda não existem e construir colaborativamente os negócios e a economia do futuro. O antes não existe mais e por isso não há porque voltar, e o que nos move agora é a decisão para onde ir.

Nós iremos em frente

Ao contrário de muitas empresas, a B.done não nasceu de um sonho, mas sim de uma realidade. Uma realidade em que sonhar será para os corajosos e que realizar para os dispostos. Dispostos a se recriar, reinventar, reerguer, reaprender, reciclar, recomeçar.

Veja também:  Coragem ou Fraqueza? O Poder de um Negócio Vulnerável

Assim como você que está lendo esta carta, eu, Débora e Ju passamos por dias intensos de questionamentos, noites mal dormidas, ansiedade batendo na porta para tentar entender como procederíamos com esse cenário. Cada uma de nós estava passando por momentos diferentes de vida e também sendo impactadas em nosso futuro profissional de distintas maneiras em meio a essa pandemia. Mas ao mesmo tempo também estávamos sentindo que esse era o momento de botar a cabeça no lugar, organizar as ideias e colocar alguns planos engavetados em ação.

Então, através de uma agenda aberta para contribuir com as empresas que estavam passando pelas incertezas em meio a quarentena foi que vimos a oportunidade de conectar nosso background desenvolvendo negócios no Brasil e em mercados internacionais em startups tão aceleradas como Resultados Digitais e Quinto Andar, em empresas financeiras tradicionais como o Bradesco e indústrias criativas como agências de comunicação e marketing para criar uma empresa onde convergimos em nossos objetivos pessoais e profissionais e somamos o que temos de melhor a outras empresas e pessoas que querem se reinventar e criar novos caminhos. Entendemos que a soma da nossa experiência e energia com a nossa rede de contatos são os pilares para apoiar o processo veloz de transformação para mais empresas.

Nossos sonhos são grandes e nosso propósito de transformar negócios disruptivos em uma nova economia também. Temos em comum o desejo de construir relações duradouras e criar conexões capazes de gerar abundância, riqueza e crescimento para nossos clientes, parceiros e time. Acreditamos que negócios são feitos por pessoas motivadas a buscar resultados consistentes, honestos e ao mesmo tempo audaciosos no presente para engajar uma nova realidade próspera no futuro. Apoiamos o crescimento de um ecossistema saudável e que gera valor para todas as partes, e onde o ganha-ganha permeia as relações. Porque muito além de ajudar negócios a gerar mais receita e demanda, conexões verdadeiras e duradouras entre as pessoas são o melhor negócio feito por nós.

Veja também:  Episódio 10: Colocando o planejamento para rodar

Empreender em um cenário de crise é para loucos, você poderá nos dizer. A gente nem discorda disso! Mas tem loucuras que a gente só faz com muita maturidade. Propor uma disrupção nos modelos de aquisição de receita e incentivar nossa comunidade a se recriar e readaptar aos novos cenários econômicos e de consumo é a nossa proposta.

Afinal, como diria Charles Darwin: não é o mais forte nem o mais inteligente que sobrevive, é o que melhor se adapta.

Os dias atuais nos sinalizam que mais do que nunca é o momento de criarmos caminhos que nos ajudem a acelerar essa adaptação.

Temos clareza que não será fácil criar um futuro a partir daqui. Não temos a pretensão em dizer que temos as respostas para todos os problemas. Mas sabemos que seremos incansáveis para construir um negócio com base em relações verdadeiras, capaz gerar valor e crescimento para todos aqueles que já toparam a embarcar nessa viagem e aqueles que ainda irão caminhar lado a lado nessa jornada conosco.

Deixamos nosso abraço e o convite para todos loucos e os corajosos que irão fazer parte dos negócios do futuro, assim como nós.

E aí, bora conversar sobre como construir isso juntos?

Compartilhar artigo

Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on tumblr
Share on telegram

Escrito por:

Cah Morandi
Cah Morandi
Com sólida carreira na liderança de operações de vendas e canais em empresas de tecnologia e serviços como Resultados Digitais e Today.ag, também é mestre em internacionalização de empresas.