Dores das empresas que buscam por serviços de tecnologia

A tecnologia é uma grande aliada para alcance de excelentes resultados, e é por isso que as marcas estão investindo cada vez mais em serviços tecnológicos que melhoram seus atendimentos, processos, reputação, geração de novas oportunidades e inúmeros outros recursos. Por um lado temos empresas de diferentes estruturas e desafios, sedentas por mais suporte tecnológico em suas frentes, e por outro lado,  prestadores de serviços de tecnologia tendo que lidar com um cliente cada vez mais exigente.

Uma agência especialista em tecnologia proporciona às marcas um time de experts já prontos e atualizados com as últimas tendências de marketing digital, além de ferramentas de alto desempenho, muitas delas estão mais que preparadas para implementar iniciativas sob medida para cada empresa. Porém, ter acesso à tecnologia de marketing de ponta, pesquisas recentes, profissionais competentes, números impressionantes e custo acessível, não é o suficiente para conquistar um cliente. 

Há muito a ser explorado em um cenário comercial onde a tecnologia é o principal desafio, principalmente no momento atual. E para entendermos melhor o comportamento de marcas e prestadores de serviços de tecnologias em um processo de concorrência convidamos a Consultora de Negócios, Tatiane Reis para uma entrevista. Tatiane, que já apoiou e apoia várias marcas com desafios de tecnologia e martech dentro da B.done trouxe suas experiências dentro desse segmento e vários insights focados no momento comercial.

 

B.done: nos conte sobre suas experiências profissionais e a jornada como Consultora de Negócios na B.done

Tatiane: Sou formada em comunicação social com ênfase em publicidade e propaganda, sempre tive contato com esse universo da propaganda, publicidade, campanhas de comunicação e produtos. Iniciei minha carreira profissional como estagiária em uma empresa de tecnologia, e logo em seguida conquistei o meu espaço no departamento de marketing.
A oportunidade de trabalhar na B.done surgiu num momento oportuno, na qual eu estava procurando por uma oportunidade para escalar e aperfeiçoar meus conhecimentos e cumprir novos desafios dentro de um cenário desafiador para o mundo dos negócios: a  pandemia. 

Veja também:  Transformação digital: 4 sinais de que a sua marca ainda não está preparada

Desde então, venho atuando como consultora de novos negócios, apoiando diferentes tipos de agências no setor business, realizando o trabalho de encurtar caminhos para marcas encontrarem seus parceiros ideias. Trabalhar neste tipo de cenário nos dá um conhecimento de mercado muito amplo sobre as oportunidades e como conduzir essas conexões de sucesso. É gratificante abrir essa porta tanto para as agências e marcas, para iniciarem uma parceria de sucesso, que resultará em um projeto ou campanha que transformará o posicionamento de uma marca. 

 

B.done: Sabemos que o digital está cada vez mais crescente, ainda mais agora com a inteligência do Metaverso em ascensão. Nesse cenário você percebe que as marcas ao buscar serviços de tecnologia estão mais exigentes também? Como você tem observado esse comportamento nos últimos meses?

Tatiane: Sim. As marcas ao buscarem por serviços de tecnologia estão mais exigentes devido à realidade pós-pandemia. Temos um novo tipo de consumidor, denominado como phygital, que devido ao fechamento das lojas e espaços físicos durante a pandemia, grande parte da população se viu obrigada a experimentar novos formatos de conteúdo para adquirir novos produtos e experiências no ambiente digital. E para as marcas, quanto mais experiências imersivas de conteúdo oferecer ao seu público-alvo, maior será o vínculo emocional com a marca e o seu interesse de compra.

Por essa razão, empresas que já possuíam estruturas omnichannel saíram na frente, buscando novas adaptações devido aos avanços tecnológicos para a experiência do seu consumidor. Do outro lado, temos marcas que se viram forçadas a quebrar muitas barreiras e paradigmas sobre o novo comportamento do consumidor no ambiente digital, e como ele interage como a sua marca através da tecnologia. 

Veja também:  Relações Públicas: como uma agência de PR pode ser estratégica para a sua empresa?

 

B.done: Quais os desafios  mais recorrentes apresentados pelas marcas que buscam um parceiro especialista em tecnologia ou martech? 

Tatiane: Hoje temos uma concorrência acirrada entre as empresas de tecnologia, devido a isto o custo por lead sofreu um aumento significante e atrair novos clientes tem ficado cada vez mais caro e demanda mais inteligência no processo de aquisição de novos clientes. 

Diante disso, no meu dia a dia observo a geração de demanda qualificada como um grande desafio para as techs que procuram aumentar sua taxa de conversão. De um lado temos empresas que geram um grande número de leads fora do perfil da empresa, oque onera uma perda de tempo e dinheiro para o time comercial, neste cenário, temos casos que nem 20% dos leads gerados não são qualificados para a empresa. E de um outro lado temos a dificuldade de techs que adquirirem contas maiores, enterprise. 

Este é um conjunto de desafios recorrentes que influenciam diretamente nos índices de CAC e ROI, investimento em mídia, ferramentas e alcance das metas.  

 

B.done: Tati, de acordo com as suas experiências em processos de concorrências voltados para o segmento de tecnologia, o que você considera como fundamental que os prestadores de serviços de tecnologia executem dentro do seu marketing e comercial, a fim de garantirem concorrências mais assertivas. 

Tatiane: Acredito que a informação é um grande aliado quando falamos de processos de concorrência. As empresas techs, como tantas outras também, possuem um grande recurso tecnológico – big data, que permite que os times comerciais tenham acesso a informações mais claras e objetivas sobre o mercado, o cliente específico, ou o grupo de clientes ideias que desejam adquirir. 

Veja também:  Customer Success: Como ajudar seus clientes pode ser uma ferramenta poderosa para vender mais

O acesso à informação às preferências e comportamentos do cliente ideal, permite à empresa interpretar as informações com inteligência e desenvolver uma proposta de trabalho personalizada e coerente com o desafio proposto, e assim gerar o melhor resultado no processo de concorrência.

Lembrando que uma das principais chaves para aquisição de novos clientes e para ter sucesso perante a concorrência é justamente oferecer uma experiência personalizada ao cliente.

 

B.done: O digital apesar de ser um ‘ambiente’ muito familiar para muitas marcas e profissionais, há muitas empresas que precisam e querem investir, mas não sabem exatamente suas reais necessidades no âmbito da tecnologia. Como é o processo de apoiar essas marcas a entenderem seus desafios, antes de buscar por agências que irão melhor apoiá-las?

Tatiane: Antes de tudo, é importante que a empresa tenha essa concepção que precisa de apoio para alcançar seus objetivos e metas no ambiente digital. Quando uma empresa busca pela B.done com um desafio iminente e não sabe como e por onde começar, nós damos esse suporte desde do primeiro contato até o início do processo da B.done para encontrar a melhor agência. 

Nós realizamos esse apoio na concepção de um briefing estruturado e assertivo, pontuando todas as informações importantes que devem ser consideradas para elaborar um escopo de trabalho adequado para a realidade da empresa. Esse briefing é realizado a quatro mãos e validado pela empresa, o que nos permite dar início ao nosso processo. 

Se a sua marca busca por um parceiro que apoie as estratégias da sua empresa com recursos tecnológicos, traga seu desafio para B.done e tenha o apoio de uma das nossas Consultoras de Negócios para te ajudar a encontrar o melhor prestador de serviço de acordo com seus desafios.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Continue Lendo:

Agência Digital vs Agência Criativa – Qual é a Diferença?

Alguns empresários, sobretudo gestores ou lideranças de pequenas, médias e grandes empresas, em algum momento irão

Como realizar um call de qualificação com excelência? Dicas valiosas. 

Uma boa reunião de qualificação significa otimização e valorização de tempo, que é um recurso escasso

Como o agromarketing vem apoiando marcas do agronegócio

O mercado agro é um gigante na economia, e apesar da sua potência e impacto, passa

Receba informações e notícias em seu e-mail.