A eficácia do marketing não é um papel definido em metade das marcas

Quando buscamos entender a eficácia do marketing, é importante ter em mente que a eficácia não está focada nos custos, pois as métricas de eficácia medem o alcance de resultados, ou seja, o quanto as estratégias estão sendo úteis para alcançar os objetivos de marketing.

E, na hora de medir se o marketing foi realmente eficaz, são os indicadores de sucesso da estratégia que devem ser avaliados. Alguns exemplos de métricas de eficácia são: 

  • Receita geral (em geral ou por canal de marketing); 
  • Número de pedidos/vendas (em geral ou por canal de marketing);
  • Lifetime Value (LTV);
  • NPS (índice de satisfação do cliente); 
  • Taxa de recompra (índice de fidelização do cliente); 
  • Participação (Share of Market, Share of Mind, Share of Heart, Share of Voice).

 

A B.done traduziu o artigo do MarketingWeek que possui dados de como a eficácia do marketing ainda não é um papel definido dentro do marketing de muitas empresas. 

 

Mais de um quinto das marcas não têm funcionários dedicados pela eficácia do marketing, de acordo com a Pesquisa Exclusiva de Linguagem de Eficácia da Marketing Week.

Mais da metade (61,2%) dos 1.610 profissionais de marketing das marcas pesquisadas diz que a métrica da eficácia do marketing se tornou um fator relevante nas decisões de marketing e negócios nos últimos três anos.

Neste caso, as marcas devem pensar seriamente em como a eficácia do marketing é um recurso dentro de seus negócios.

No entanto, 18,6% dos profissionais de marketing concordam fortemente com a seguinte declaração sobre sua empresa: “A eficácia do marketing não é um papel definido e raramente é uma prioridade. Pode ser realizado em uma base ad-hoc com responsabilidade limitada dos resultados.” Outros 32,4% dos profissionais de marketing pesquisados concordam ligeiramente com a declaração, levando o total de acordo para 51% dos entrevistados.

Veja também:  Influenciadores digitais e a utilização dessa mídia como decisões de consumo

Além disso, quando perguntado se a eficácia do marketing é uma função bem definida dentro de seus negócios, com uma estrutura clara, processos definidos e cadeia de responsabilidades em vigor, apenas 15,6% dos profissionais de marketing concordaram com a declaração. Em contraste, 17,7% dos 1.610 entrevistados discordaram da declaração.

Pouco mais de um quarto dos profissionais de marketing (27%) dizem que a supervisão da eficácia do marketing é uma das muitas responsabilidades realizadas por um único profissional dentro da função de marketing/insights. Dentro de 25,9% das marcas das marcas, a análise da eficácia do marketing é uma das várias responsabilidades realizadas por uma pequena equipe dentro de uma estrutura mais ampla da função de marketing/insights.

Crucialmente, mais de um quinto dos entrevistados (21,3%) diz que não há funcionários dentro da organização com a responsabilidade dedicada de realizar a eficácia do marketing.

Apenas 11,2% dos profissionais de marketing pesquisados dizem que há uma equipe dedicada à eficácia de marketing dentro de sua organização com uma estrutura e responsabilidade claramente definidas, enquanto apenas 10,3% relatam ter uma posição dedicada para eficácia de marketing dentro do negócio.

Os dados da Linguagem de Eficácia mostram claramente que o interesse pela eficácia do marketing está aumentando, e só parece que está pronto para crescer à medida que a crise da inflação se instala.

Dado que as estatísticas já revelaram até que ponto os CEOs e CFOs se interessam por métricas como retorno sobre o investimento (ROI) e a aquisição de novos clientes, as marcas correm o risco de não criar um case de negócios robusto para o marketing por não terem os recursos necessários. Além do fato de que mais de um quinto das empresas não têm funcionários dedicados à eficácia do marketing, pode ser visto como motivo de preocupação.

Veja também:  8 razões para contratar uma agência

Ainda mais preocupante, por mais da metade dos profissionais de marketing trabalharem para marcas onde a eficácia do marketing não é um papel definido e raramente é uma prioridade. Os dados sugerem claramente que muitas empresas não estão tão longe na jornada para alcançar uma cultura de eficácia quanto poderiam estar.

Fonte: MarketingWeek written by Charlotte Rogers

Traduzido por B.done | Raquel Schroeder



Continue Lendo:

Melhore seu ranqueamento no Google: como escolher palavras-chave

Estar bem posicionado nos resultados de busca do Google é essencial para qualquer negócio que deseja

“O Nordeste é a mola propulsora do Brasil para os próximos anos.”, aponta Fernando Hélio, Fundador do Nosso Meio

Você sabia que o Nordeste brasileiro está se destacando como uma região cheia de negócios promissores?

O que está acontecendo? O estado do marketing global

Quais são as esperanças e sonhos dos profissionais de marketing? O que tira o sono deles?

Receba informações e notícias em seu e-mail.