O movimento das marcas na volta do APAS, o maior evento supermercadista do mundo

Após 2 anos em hiato devido à pandemia, a APAS SHOW, conhecida por ser o maior evento supermercadista do mundo, realizou seu evento no EXPO CENTER NORTE em São Paulo, entre os dias 16 a 19 de maio de 2022. Apresentando seu novo conceito ”Além de Alimentos” que reflete seu posicionamento de oferecer absolutamente tudo de mais relevante para o setor, desde alimentos e bebidas até tecnologia e inovação, passando por logística, finanças, infraestrutura, equipamentos e muito mais. 

Convidamos nosso parceiro, sócio-diretor da agência Verbo, Rodrigo Figueiredo que participa da APAS SHOW há 8 anos para uma entrevista especial sobre o evento. Rodrigo trouxe uma visão rica e detalhada de quem está por dentro desta indústria diariamente. A agência Verbo atua neste mercado desde a sua fundação em 2001, e possui vários cases de sucesso na indústria de Alimentos e Bebidas. A Verbo é uma das maiores agências do interior de São Paulo e foi eleita a melhor agência para se trabalhar no Brasil pela 4ª edição do GreatPlacetoWork. Foi a agência mais premiada do Interior de São Paulo em 2019. 

 

Rodrigo, como foi o evento da APAS esse ano para você? O que você achou do movimento das marcas na volta dos eventos?

A APAS Show, maior feira de bebidas das Américas, e maior feira supermercadista do mundo, que voltou após um hiato de 2 anos em função da pandemia, é um excelente termômetro de um mercado que não para de crescer.

Segundo a ABIA (Associação Brasileira da Indústria de Alimentos), o setor cresceu 16,9% em 2021, ano em que o setor faturou R$922,6 bilhões, somando vendas no mercado doméstico e exportações.

Acompanho a APAS há mais de 8 anos e esta edição deve apontar para um grande sucesso de público (Sabe aquele mapinha da feira, que a gente usa pra se localizar? Esgotou. Porta credencial? Também.) A presença maciça do público, confirmada por alguns expositores com quem tive a oportunidade de conversar, já seria um bom sinal. 

Veja também:  Humanização de Marcas: O que realmente importa

Mas dois pontos me chamaram a atenção de forma especial. Primeiro, uma grande presença de marcas que não pertencem a grandes holdings, e em alguns casos, marcas lançadas recentemente, mas dispostas a brigar pelo mercado com forte viés de marketing.

Segundo, a participação das grandes marcas, que apostaram em lançamentos de produtos e notadamente, tem trazido temas como sustentabilidade, em seu sentido mais amplo, num papel de protagonismo nos stands, embalagens e até no desenvolvimento dos produtos. 

Ainda que a feira não seja focada no consumidor final, é de se esperar que isso reverbere nas estratégias de comunicação com o mercado.

 

Qual a sua percepção de oportunidades na comunicação para empresas focadas no segmento de varejo/ bens de consumo? 

Estamos vivendo um cenário de forte inflação, o que faz com que o processo de decisão do consumidor traga outros componentes. E é claro que nestas condições, o preço é um fator muito relevante na aquisição de um produto.

Mas é preciso pensar além desta esfera para conquistar a mente e o coração do consumidor. Marcas bem construídas são, e sempre serão, um diferencial.

Afinal, o que são marcas bem construídas? São marcas relevantes para as pessoas, com um posicionamento estratégico consistente, que pensam e se comunicam além dos atributos funcionais do produto. Marcas que têm a preocupação genuína de resolver problemas reais da sociedade e que praticam o que falam, o famoso “walk the talk”.

Por um outro lado, não é difícil encontrar empresas que desperdiçam oportunidades por deixarem de ter estratégias claras para comunicar seus diferenciais, suas boas práticas e seu propósito. 

E claro, sempre haverá espaço para a criatividade como um diferencial. Este é um dos principais ativos de uma marca: pensar e fazer diferente, suportado por um posicionamento relevante, comunicado de maneira consistente.

Veja também:  Transformação digital: 4 sinais de que a sua marca ainda não está preparada

Isso deve estar presente em todos os pontos de contato da marca com o consumidor: redes sociais, embalagens, campanhas, ativações, e tudo mais.

Rodrigo, você poderia trazer um pouco da experiência da VERBO dentro dessas indústrias?

A Verbo atua neste mercado desde a sua fundação, em 2001. Nós existimos para trazer inteligência criativa para as marcas, o que significa unir a lógica com mágica, estratégia com criatividade. Isso sempre faz diferença nesta indústria.

Por ser uma agência multidisciplinar, a Verbo tem diversos cases de sucesso em Alimentos e Bebidas, indo desde um trabalho profundo de reposicionamento de marca, até projetos de PDV, embalagens, estratégias de conteúdo, além é claro, de campanhas integradas em diferentes meios e para diferentes públicos.

Temos cases relevantes com marcas líderes de mercado, e também com marcas médias, que ampliaram sua participação de mercado com o nosso trabalho.

Um dos trabalhos que mais nos marcou foi um projeto de reposicionamento de marca para uma grande indústria cervejeira. O sucesso das nossas iniciativas, em conjunto com o time de marketing, fez com que ela tenha se tornado umas das principais marcas do país em seu segmento, com absoluto sucesso de vendas.

Neste caso em específico, o escopo foi bem abrangente, com branding, embalagens, materiais de PDV, campanha de lançamento, sustentação, gestão de conteúdo e com influenciadores.

Hoje, esta marca é uma das líderes no seu segmento.

 

Conheça a B.done e saiba como apoiamos marcas a encontrarem seus parceiros ideias de comunicação e marketing através de processos de concorrências fluídos, assertivos e transparentes. 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Continue Lendo:

Agência Digital vs Agência Criativa – Qual é a Diferença?

Alguns empresários, sobretudo gestores ou lideranças de pequenas, médias e grandes empresas, em algum momento irão

Como realizar um call de qualificação com excelência? Dicas valiosas. 

Uma boa reunião de qualificação significa otimização e valorização de tempo, que é um recurso escasso

Como o agromarketing vem apoiando marcas do agronegócio

O mercado agro é um gigante na economia, e apesar da sua potência e impacto, passa

Receba informações e notícias em seu e-mail.