Compreendendo o poder do vídeo para marketing

Ao manter contato com clientes ou incentivar prospects, você pode contar com e-mail, blogs ocasionais, white papers trimestrais ou relatórios. No entanto, pode estar negligenciando um formato de conteúdo viável: vídeo.

Como profissional de negócios fora do mundo do marketing – digamos, um consultor financeiro – você pode pensar que o marketing de vídeo não é necessário. Além disso, vídeos são difíceis de produzir e caros, certo? Não é verdade. Graças à tecnologia mais recente, os vídeos estão mais fáceis do que nunca de criar e podem estabelecer você como um líder inovador, permitindo que você se destaque dos outros.

 

O que é marketing de vídeo?

Mencione “marketing de vídeo” e o que pode vir à mente são os influenciadores do YouTube ou TikTok apresentando as últimas modas ou tendências. Mas influenciadores e modismos são uma pequena parte do marketing de vídeo. Eles também têm pouco ou nada a ver com vídeos de negócios.

O Search Engine Journal define o marketing de vídeo como “aproveitar vídeos para educar, entreter e envolver o público para atingir seus objetivos comerciais ou pessoais”. As empresas têm usado vídeos para promover e educar desde a década de 1940. Mas este formato tornou-se mais recentemente uma parte essencial da estratégia de conteúdo. A HubSpot informou que o público passa em média 17 horas por semana assistindo vídeos online. Outro estudo descobriu que 94% dos usuários assistiram a vídeos para conhecer produtos ou serviços.

 

O impacto do vídeo

O vídeo pode ser uma ótima maneira de educar clientes atuais e potenciais, estabelecendo você como um especialista em sua área. Aqui estão alguns outros benefícios deste formato de conteúdo:

Veja também:  Impacto da B.done no mercado publicitário - Especial 2 anos

 

Melhora o envolvimento do usuário: um estudo do MIT indicou que o cérebro humano identifica e reage às imagens em apenas 13 milissegundos. Além disso, os recursos visuais permanecem na memória de longo prazo do usuário. Quando você conta sua história por meio de vídeo, isso envolve os sentidos visuais e auditivos dos espectadores e evoca emoções. Isso coloca você em uma posição de confiança com seu público. E quando um vídeo é memorável e ressoa com seu público, ele geralmente é compartilhado com outras pessoas, ampliando assim seu alcance para outros clientes potenciais e futuros.

 

Pode impulsionar o SEO e as classificações do site: um vídeo na página do seu site melhora a qualidade da página aos olhos do Google e aumenta o tempo dos visitantes na sua página. Isso pode significar uma classificação mais elevada na página de resultados de um mecanismo de pesquisa (SERP). Uma posição SERP mais alta é ouro; de acordo com nosso exemplo, quando os clientes em potencial inserem o termo “planejadores financeiros” em um mecanismo de pesquisa, é mais provável que o nome da sua empresa apareça perto ou no topo da lista.

 

Usando o vídeo a seu favor

 Embora o marketing de vídeo possa ser uma ferramenta excelente, você deve saber como usá-lo corretamente. Antes de apertar o botão “gravar”, considere o seguinte:

Entenda os pontos fracos do seu público: seus vídeos devem fornecer informações para resolver seus problemas, mostrando sua experiência, e devem apresentá-lo como um especialista confiável. Construir confiança ajuda a manter sua base de clientes e aumenta as conversões de clientes potenciais.

Determine os tópicos certos: seus tópicos vêm da compreensão das necessidades do seu público. Para os planejadores financeiros, por exemplo, os assuntos a serem considerados incluem contribuições de final de ano para planos de aposentadoria, planejamento patrimonial, declaração de imposto de renda e compreensão das necessidades financeiras relacionadas a eventos da vida.

Veja também:  O futuro imprevisto do marketing

Use um porta-voz atraente: se a ideia de estar em um vídeo faz suas palmas suarem, chame alguém em seu escritório que se sinta confortável diante das câmeras e que possa falar naturalmente. Incorporar muitos recursos visuais e editar corretamente também são essenciais para garantir a eficácia do seu vídeo.

Mantenha breve: a capacidade de atenção humana é notoriamente curta. Por causa disso, seu objetivo não deve ser um vídeo longo e demorado. Mantenha menos de cinco minutos. Além disso, você tem apenas alguns segundos para causar uma boa impressão. Um “gancho” impressionante no topo do seu vídeo é obrigatório.

Aproveite vários canais: compartilhe seu vídeo em vários canais, como YouTube, Instagram, Facebook, TikTok, LinkedIn e seminários online.

 Antigamente, criar um vídeo era considerado difícil e caro. Esse não é o caso hoje em dia. Com algum planejamento estratégico, pesquisa de público e as ideias certas, você pode usar o marketing de vídeo como uma ferramenta viável para construir confiança, melhorar a classificação do site e, por fim, aumentar sua base de clientes.

 

By: forbes.com | Trey Robinson

Tradução: B.done | Beatriz Proença

Continue Lendo:

Marketing de mídia paga em 2024: 7 mudanças que os profissionais de marketing devem fazer

O que você precisa saber para ter certeza de que seu marketing de mídia paga está

The advertorial: uma nova tendência em publicidade digital

Os publicitários se tornaram peças-chave no mundo do marketing digital. Eles utilizam uma combinação de conteúdo

Armadilhas e obstáculos no marketing nativo a serem observados em 2024

Espera-se que, até 2027, a publicidade nativa alcance um valor de US$ 4,3 bilhões, impulsionada por

Receba informações e notícias em seu e-mail.