5 habilidades de marketing que você deve desenvolver

Não importa qual seja o seu papel específico no marketing, é provável que você precise aprender novas “habilidades críticas” para fazer seu trabalho de maneira brilhante. À medida que o marketing evolui, é necessário buscar, abraçar e dominar o novo, além de, igualmente, aprimorar as habilidades que você já possui.

A pesquisa do Fórum Econômico Mundial deixa claro que investir no desenvolvimento de habilidades fundamentais que estimulam a criatividade, a colaboração, os recursos digitais, a cidadania global e a gestão ambiental, pode liberar recursos essenciais para a futura força de trabalho. À medida que olhamos para um ano que colocará demandas únicas sobre nós, essas descobertas também apontam para cinco habilidades essenciais para os profissionais de marketing:

1. Desenvolva um processo de criatividade

Quando se pensa em criatividade de marketing, publicidade inteligente, ofertas inteligentes ou talvez canais de mídia incomuns geralmente vêm à mente. Embora tudo isso seja criatividade aplicada, o verdadeiro potencial da criatividade de marketing é realizado na criação de algo novo e valioso, algo que impulsiona uma marca significativa e uma diferenciação comercial.

Isso nem sempre ocorre em um momento “eureka”, mas resulta de um processo. Acontece quando estamos constantemente aprendendo com os clientes, com o que está funcionando para os outros, identificando nichos, testando, refinando e, como resultado, entregando uma ideia que se encaixa tanto no projeto, que todos se perguntam por que ninguém pensou nisso antes.

A necessidade de aplicar uma abordagem disciplinada à criatividade para superar um mar generalizado de mesmice é fundamental para o desempenho da marca e tão urgente no marketing B2B quanto no B2C. A pesquisa confirma que passar de uma marca criativa racional para uma mais emocional ajuda os profissionais de marketing B2B a aumentar a participação no mercado. A criatividade leva à memorabilidade. E o que é lembrado de forma relevante é o que é comprado.

Veja também:  Winning by Design: Como estruturar uma equipe comercial em agências de marketing

2. Domine a “Venda de Histórias”

Como profissionais de marketing, provavelmente já ouviu a expressão “os números falam por si” antes, mas não é exatamente assim. É o contexto ou a narrativa que envolve os números que podem influenciar as decisões. Se os dados sozinhos pudessem vender, não estaríamos fumando, consumindo açúcares adicionados ou trabalhando demais sem equilíbrio entre vida pessoal e profissional. E, no entanto, o fazemos porque nossas decisões são orientadas pelo que é mais importante para nós, não importa o que os dados ou estatísticas digam. Influenciar essa narrativa interna e humana é feito apelando à emoção, que é amplificada e racionalizada com dados. Isso é vender histórias. Domine essa estratégia.

3. Conquiste o Digital

Marketing de mídia social, insights de esforços digitais para influenciar o planejamento de campanhas de marketing, pensando em NFTs, chatbots e tudo o que é possível no metaverso, mensurabilidade digital para marketing de canal físico: é hora de aprender a conquistar tudo isso. E rápido.

Para entender melhor de se aprofundar nesse assunto, considere estes dados aqui: querer ser um astronauta perdeu parte de seu apelo para as crianças, principalmente nos Estados Unidos e no Reino Unido. Quando questionadas sobre o que querem ser quando crescerem, essas crianças tiveram três vezes mais chances de optar por um influenciador de mídia social do que por um astronauta, uma mudança geracional.

Mas não são apenas as crianças que se apaixonam pela revolução digital, os adultos de todas as faixas etárias a estão adotando de todo o coração. Por exemplo, em 2021, 36% dos usuários do TikTok tinham entre 35 e 54 anos. O chatbot ChatGPT da OpenAI ultrapassando 1 milhão de usuários em menos de uma semana desde o seu lançamento também não é coisa de criança.

Veja também:  Letícia Suher, da Sr. Jorge, conta sobre a expansão de negócios em Portugal em parceria com a B.done

4. Seja verdadeiramente inclusivo

A inclusão não é negociável para marcas que tentam ganhar reconhecimento em um mercado global. Transformados pela mudança social, pela digitalização que está nos aproximando e moldando as preferências do consumidor, é preciso melhorar a representação da amplitude das verdades humanas e culturais em evolução.

Os profissionais de marketing precisam demonstrar ativamente seu compromisso com um mundo mais inclusivo. Varejistas como Gap, Macy’s e Sephora assinaram o Fifteen Percent Pledge, comprometendo-se a alocar 15% do espaço nas prateleiras de varejo para marcas de propriedade de negros. Isso é o que é necessário, e as marcas têm muito a ganhar quando moldadas por profissionais de marketing que pensam primeiro na diversidade e na inclusão.

5. Construa uma comunidade de forma sustentável

Embora ser um negócio com consciência ecológica, em alinhamento com o propósito de sua marca, esteja cada vez mais em jogo, a apuração do consumidor sobre as ações e inações da marca torna isso um imperativo comercial urgente.

As marcas que sobreviverão à década serão dirigidas por profissionais de marketing que podem ajudar a empresa a encontrar o equilíbrio certo entre lucro e propósito e impulsionar o crescimento sinergicamente com o bem maior. O compromisso com o bem-estar da comunidade em geral, além de ter um ponto de vista claro sobre a estratégia climática, não é mais opcional, é uma expectativa de todas as marcas e já está moldando a tomada de decisão do consumidor.

Pesquisar apoia isso. Marcas e profissionais de marketing também precisam de métricas que tornem esses esforços mensuráveis ​​para traduzir o compromisso em um roteiro prático com iniciativas e resultados tangíveis.

Então, como você se compromete a aprimorar continuamente suas habilidades?
A requalificação e o aperfeiçoamento são melhores quando são auto regulados e não obrigatórios. A autonomia é um poderoso impulsionador da aprendizagem eficaz e intencional. Isso ajuda a considerar o que é mais importante para sua carreira e para aqueles que você lidera e conectar o programa às habilidades que atendem a essas agendas de aprendizado.

Veja também:  DUDA NO BRASIL: a Plataforma de Webdesign para agências digitais

 

Fonte: Forbes | Sumit Virmani
Tradução: B.done | Beatriz Proença

Continue Lendo:

Passo a Passo para Atingir a Barreira dos 100K/mês em sua Agência

Em um universo empresarial competitivo e dinâmico, estabelecer metas ambiciosas é a essência da busca pelo

Inteligência artificial no marketing: uma nova era para agências

Mais do que uma simples evolução, a inteligência artificial (IA) no campo do marketing tem revolucionado

Comunicação e Mídia em 2024

Em um mundo em constante evolução no marketing digital, antecipar as tendências e enfrentar desafios é

Receba informações e notícias em seu e-mail.